Anvisa libera a venda de Sativex no Brasil

É o primeiro medicamento à base de canabinoides que será comercializado no país. Importação já era permitida desde o ano passado.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou na semana passada a venda de Sativex, remédio à base de THC usado principalmente contra esclerose múltipla. Embora a causa canábica esteja engajada no autocultivo medicinal, tem muito paciente que está comemorando. O preço vai ser em torno de R$2,8 mil, segundo informações da imprensa.

+ Justiça obriga Anvisa a liberar importação de Sativex

Sativex, ou Mevatyl spray (como é conhecido na Europa), é indicado para o tratamento de espasmos prolongados relacionados à esclerose múltipla. Será fabricado pela inglesa GW Pharma, mas importada pela brasileira Beaufour Ipsen.

+ França autoriza tratamento com Sativex para pacientes com esclerose múltipla

No Brasil já há vários pacientes que utilizam o Sativex, que era obtido por meio de decisões judiciais até a decisão da Anvisa do ano passado, em permitir a importação de derivados da cannabis com alto teor de THC.

Foi o caso da estudante Juliana de Paolinelli Novaes, que em 2014 conseguiu importar o remédio após entrar com ação na Justiça. Juliana sofre de dores crônicas na região lombar da coluna e chegou a usar uma bomba de morfina na tentativa de controlar o problema.

Da mesma forma, outros pacientes no país também usam o Sativex, mas tinham que lidar com a burocracia da importação. Com esta decisão da Anvisa, bastará eles ligarem para farmácia

A Macô acredita que a principal luta da causa canábica seja a legalização do autocultivo, tanto medicinal quanto social. Mas vê nesta decisão da Anvisa uma evolução da cena e do entendimento da sociedade de que cannabis é sim remédio para muitas doenças.

Um comentário em “Anvisa libera a venda de Sativex no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *