Cannabis contra insônia: Saiba mais

Foi lançada recentemente no país uma campanha sobre os problemas causados pela insônia. E muita gente tem usado maconha com sucesso para ter uma ótima noite de sono.

A insônia, constante falta de sono que atinge um bilhão de pessoas em todo mundo, está no alvo das organizações de saúde em todo o mundo. No Brasil, uma campanha da Associação Brasileira do Sono, com parceria de uma farmacêutica, foi lançada para alertar sobre este problema que, só no país, atinge quase 40% da população. Há diversos tratamentos no mercado, que vão da “Maracugina” aos “diazepans” da vida. Na busca por uma boa noite de sono, muita gente tem usado com sucesso cannabis. E, de acordo com a ciência, a erva pode ser uma boa solução.

+ Maria Paula combateu insônia com maconha

Muitas vezes, a insônia pode ser combatida com apenas exercícios físicos e uma alimentação mais saudável. Mas em muitos casos os médicos indicam medicamentos que, embora tragam efeito imediato, também provocam dependência e risco aos pacientes. Os medicamentos do grupo dos benzodiazepínicos (bromazepam, diazepam) estão em segundo lugar no ranking por overdoses provocadas por remédios – perdendo apenas para os opioides – nos EUA.

A maconha, ao contrário, nunca matou ninguém em toda história da humanidade, e, enquanto algumas espécies possam ser muito energéticas e estimular demais o cérebro, outras podem relaxar os músculos e conduzir o usuário a um sono profundo desejado por todos os insones.

Pesquisa científicas

As pesquisas científicas que mais trouxeram resultados positivos foi em relação ao THC e a insônia. Com o canabidiol (CBD), existem muitas pesquisas controversas, cujos resultados envolvem a idade dos pesquisados e as quantidades usadas.

Quanto ao THC, existem pesquisas que apontam que podem facilitar cair no sono, bem como por muito tempo. Outras pesquisas apontam que o THC também pode provocar um sono mais profundo. E, como já era sabido, este canabinoide também pode ser usado contra a apneia do sono.

Já o consumo de CBD antes de dormir deixaria a pessoa mais alerta, segundo uma pesquisa divulgada em 2008. Isso, claro, não é bom para combater insônia. No entanto, um outro estudo, do Projeto CBD, registrou que vários pacientes que ingeriam tinturas de CBD horas antes de dormir, conseguiam ter uma ótima noite de sono.

Strain certa

Um bom resultado com cannabis contra a insônia vai depender da escolha certa do que vai consumir. E os efeitos de uma strain podem variar muito de pessoa para pessoa. Mas um bom caminho para se começar são as indicas. Entre as clássicas está a Mazar I Sharif. Entre as novas, a Tahoe OG Kush tem nocauteado muita gente por aí.

Como no Brasil o mercado informal não oferece maconha por fenótipo, vale a pena você observar a qualidade do que consumir para tentar buscar o mesmo sempre. Em se tratando do sono, vale a pena conversar com seu médico sobre o uso da cannabis, que, a priori, oferece mais resultados e menos riscos do que os medicamentos tradicionais.

2 comentários em “Cannabis contra insônia: Saiba mais

  • 23 de outubro de 2017 em 21:16
    Permalink

    Acho q a cannabis dívida ser legalizada no Brasil e eu procuraria um médico pra ele me dar o documento legal
    Pra eu comprar

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *