Começa venda de cannabis nas farmácias do Uruguai

Somente usuários cadastrados pelo governo poderão adquirir a erva. Preço da grama é de R$4,30.

Começou no último sábado (1º de julho) a venda de cannabis nas farmácias do Uruguai. Os usuários cadastrados nestes estabelecimentos pelo governo poderão comprar até 10 gramas de maconha por semana. O preço por grama é de US$ 1,30 (R$4,30).

+ Uruguai terá a maconha legalizada mais barata do mundo

Os compradores registrados precisarão colocar seu dedo em um dispositivo instalado nas farmácias para identificar os usuários na hora da compra de maconha. Esse mecanismo  garante o anonimato, já que o farmacêutico não tem acesso ao nome do cliente, e também impede que turistas comprem nestes estabelecimentos.

+ Turistas com maconha podem ser presos no Uruguai

No Uruguai, o Estado controla todo o mercado, desde a produção até a venda final para os usuários. Tudo começou em 2012, quando o presidente do país era o atual senador José Mujica – agora com 82 anos –, um ex-guerrilheiro tupamaro que se converteu, na época, em um fenômeno mundial, com mais seguidores fora de seu país do que dentro dele.

Àquela época, um vídeo chocou a sociedade de Montevidéu, que mostrava um menor de idade atirando a sangue frio em um funcionário do conhecido restaurante La Pasiva, durante um assalto. O homem morreu, e deixou cinco filhos. Outras duas mortes violentas por acertos de contas entre narcotraficantes, na mesma semana, escandalizaram tanto a sociedade que Mujica resolveu dar o primeiro passo para iniciar um processo que culmina agora, em 2017, e que levou a uma mudança integral da política de drogas e à legalização da maconha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *