Coronel cultiva 100 pés de maconha na Itália

Em uma instalação em Florença, coronel Antonio Medica é responsável por uma plantação legal com fins terapêuticos.

Em uma instalação em Florença na Itália, pode ser visto uma coisa um tanto inusitada. Lá, são cultivados 100 pés de maconha, com fins terapêuticos. O responsável pelo cultivo  é o coronel Antonio Medica, que cuida de uma operação única no Exército italiano.

Desde que decidiu estudar a possibilidade de legalizar a cannabis medicinal, o governo decidiu que seria necessária uma fonte confiável de maconha para a produção desse produto. E optaram em cultivar em instalações militares. Esse uso da maconha é prescrito para aliviar a dor de pacientes com câncer ou esclerose múltipla.

+ Exército italiano produzirá maconha com fins terapêuticos

Em janeiro desde ano, farmácias de Florença que antes importavam o produto da Holanda começaram a vender a maconha estatal feita localmente, o que reduziu os custos da operação e baixou em 30% o preço para o consumidor final. A demanda é tão grande que Medica recebeu autorização para dobrar a produção.

Um comentário em “Coronel cultiva 100 pés de maconha na Itália

  • 11 de abril de 2017 em 08:35
    Permalink

    Durante toda a ‘Operacao Tarim’ foram incinerados 130 mil pes de maconha, o que equivale a duas toneladas de drogas que abasteceriam o crime organizado.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *