Correr estimula cérebro da mesma forma que maconha

Em maratonas, atletas produzem anandamida, que estimula receptores de canabinoides.

Um estudo realizado na Universidade de Heidelberg, na Alemanha, constatou que se exercitar por longos períodos, como em maratonas, faz com que o corpo produza um neurotransmissor que pode provocar sensações semelhantes ao uso de cannabis.

+ Pesquisa de Havard diz que maconha te deixa mais esperto
+ Estudo comprova efeito hippie da cannabis

Isso porque, segundo os pesquisadores, os atletas produzem anandamida, que estimula os receptores canabinoides dos neurônios – os mesmos ativados quando alguém fuma maconha. Por isso, em grandes períodos de esforço físico, os atletas tendem a sentir euforia e relaxamento.

Testes realizados em ratos mostraram que aqueles que corriam apresentavam menos stress e sensibilidade à dor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *