Faculdade de maconha nos EUA

Curso tem duração de quatro anos, e ensinará química e biologia da cannabis, além de empreendedorismo e também a cultivar a planta.

A Universidade do Norte do Michigan (MNU), nos EUA, visando suprir o bilionário mercado da cannabis com profissionais qualificados, criou a graduação em Química de Plantas Medicinais. O curso tem duração de quatro anos, e ensinará química e biologia da cannabis, além de empreendedorismo e a cultivar a planta.

+ Editorial #18: Maconha Escolar

Não é a primeira iniciativa neste sentido. Em 2015, a Universidade de Direito de Denver (Colorado) iniciou um curso sobre Leis que implicam a cannabis nos EUA e mundo. Também já existe a Cannabis Training University, que oferece cursos presenciais e online, com certificados de “proficiência em cannabis”.

O interessante é que a Universidade não vai poder manter sua própria plantação de maconha, já que o Michigan não é um dos estados em que a erva foi legalizada.

Somente no ano passado, o mercado legal da maconha e seus derivados movimentou U$ 6.7 bilhões somente nos EUA. A expectativa é que o volume dispare nos próximos anos, atingindo a marca de U$ 44 bilhões em 2020, tanto que a revista Forbes apontou o mercado da erva como a melhor oportunidade de negócios para empreendedores e investidores de startups. A Sociedade Americana de Química criou recentemente uma subdivisão que visa apresentar as novidades da indústria em seus encontros nacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *