Jesus teria usado cannabis para curar enfermos?

Pesquisador Chris Bennett afirma que óleos usados pelo “Filho de Deus” e seus discípulos teriam cannabis.

Começamos o texto com um ressalvo: não é nosso objetivo ofender nenhuma religião ou credo com esta matéria. Dado o exposto, vamos aos fatos. O cientista norte-americano Chris Bennett, que há décadas pesquisa a relação da cannabis com as religiões de todo o mundo, afirmou que o “óleo da santa unção”. utilizado por Jesus (Ele mesmo, o filho de Deus) e seus apóstolos tinha entre seus ingredientes uma porção de cannabis.

+ Conheça a Igreja da Maconha e seus 12 mandamentos

A receita deste óleo está em Êxodus. No entanto, nas escrituras originais da Bíblia, em hebraico, esta receita descreve a utilização de um ingrediente que não consta nas versões traduzidas do livro sagrado: o kaneh-bosem, que é um dos nomes para cannabis usados pelo povo hebreu .

“O óleo sagrado da consagração, conforme descrito nas escrituras em hebreu do livro do Êxodo, continha até 2 kg de keneh-bosem. Os consagrados daqueles tempos eram praticamente mergulhados nessa poderosa mistura”, declarou o cientista.

Bennett acredita que o bálsamo pode ter sido usado em alguns dos milagres curativos praticados por Jesus e seus discípulos.

“Na antiguidade, males como a epilepsia eram atribuídos à possessão por demônios. Curar alguém com o problema, mesmo com o uso de simples ervas, era considerado exorcismo ou cura milagrosa. Curiosamente, a maconha tem se mostrado útil no tratamento não apenas da epilepsia, mas de outros males curados por Jesus, como moléstias de pele, nos olhos ou problemas menstruais.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *