Legalização registra recorde de apoio nos EUA

Pesquisa aponta que 64% da população tem opiniões favoráveis à legalização nos estados dos EUA.

Uma pesquisa realizada pela empresa Gallup, uma das mais tradicionais dos Estados Unidos, revelou um número que impressionou a cena canábica destes país. Aproximadamente 64% da população apoia a legalização da maconha que vem ocorrendo ao longo dos últimos anos em várias regiões.

+ Brasileiros ainda são contra a legalização, diz pesquisa

A pesquisa foi realizada mediante entrevistas telefônicas entre 5 e 11 de outubro, com 1.028 adultos maiores de 18 anos residentes em todo o país. “Este é o nível mais alto de apoio público à proposta em quase meio século de medições”, disse a Gallup em um comunicado divulgado nesta semana.

Histórico de pesquisas

O interessante é que este instituto de pesquisa realiza esta estudo desde 1969, o auge da contracultura, quando apenas 12% dos americanos apoiavam a legalização do consumo de maconha.

O apoio mais que dobrou dez anos depois, mas se manteve em torno de 25% nos anos 1980 e 1990. Em 2001, um terço dos americanos se declaravam a favor de legalizar a maconha, e o apoio foi aumentando desde então. Em 2013, a iniciativa já contava com o respaldo da maioria dos americanos, indicou a Gallup, que lembrou que em 2016 a proposta recebeu 60% de adesões em todas as faixas etárias.

Historicamente, a legalização do consumo da maconha teve maior apoio entre os seguidores do Partido Democrata e os independentes, mas neste ano, pela primeira vez, a maioria dos eleitores do Partido Republicano se declarou a favor.

Embora o consumo de maconha com fins recreativos seja ilegal no país em nível federal, oito estados e o distrito capital o autorizam: Colorado e Washington, desde 2012; Alasca, Oregon e Washington DC, desde 2014; Califórnia, Maine, Massachusetts e Nevada, desde 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *