Mais um paciente conquista habeas corpus para cultivar maconha

Paciente, do Ceará, é tetraplégico, e usa cannabis para amenizar dores e espasmos.Ele vai cultivar para produzir seu próprio óleo.

O Habeas Corpus preventivo tem sido a ferramenta jurídica mais solicitada por pacientes que usam cannabis nos seus tratamentos, mas não tem dinheiro para comprar os remédios importados – ou preferem usar os produzidos por eles mesmos. Na semana passada, mais um paciente conquistou o direito de plantar maconha em casa sem correr risco de ser preso repentinamente.

+ Habeas Corpus preventivo:  a proteção dos growers

O paciente se chama Rodrigo Albuquerque, 33 anos. Ele é de Fortaleza (CE). Ele é tetraplégico há doze anos e, desde 2015, tem prescrição médica para o tratamento com remédio à base de cannabis.

A tetraplegia veio em 2005, quando Rodrigo fraturou a coluna cervical durante mergulho em piscina. Passou a ter dores e espasmos severos, mas os medicamentos e intervenções tradicionais não surtiram mais efeito. A descoberta dos efeitos medicinais da cannabis começou em 2013, durante uso recreativo com amigos.

“Eu experimentei durante à noite e consegui dois dias sem dor. Dor é uma constante na minha vida. Meus espasmos e tremores involuntários sumiram. Comecei a ir atrás de mais informações, fui ler e pesquisar”, contou, em entrevista ao O POVO Online.

Até hoje, o cearense é acompanhado por equipe multidisciplinar, composta por anestesiologista, neurologista, psiquiatra, psicólogo e clínico geral.

Caso fosse importar o medicamento à base de canabinoides, Rodrigo teria que gastar, anualmente, R$ 25 mil a R$ 30 mil. Com o cultivo, ele gastará bem menos – custo que pode variar de R$ 500 a R$ 1 mil. O habeas corpus preventivo foi impetrado por Jordana Sales com o estudante de Direito Italo Coelho de Alencar, e os advogados Emílio Figueiredo e Ricardo Nemer, ativistas da Abracannabis e da Reforma da Política de Drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *