Muita maconha na posse de Trump

Ativistas cumpriram a promessa, e distribuíram baseados e buds em Washington, durante posse do novo presidente deste país – que se diz proibicionista.

Os ativistas já haviam prometido acender vários baseados durante a posse do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. E não é que eles cumpriram a promessa? Na cerimônia de posse, que ocorreu nesta sexta-feira (20), centenas de pessoas se reuniram na praça Dupont (Washington) em uma manifestação em defesa da legalização da maconha. Na ocasião, milhares de cigarros de maconha, bem como a erva em si, foram distribuídos gratuitamente.

+ ‘Não acho que maconha seja mais perigosa do que o álcool’, diz Obama

Ao todo, foram distribuídos 8 mil baseados entre os presentes na cerimônia da posse. A manifestação foi realizada pelo grupo District of Columbia Marijuana (DCMJ), e tem como objetivo alertar contra um possível retrocesso no processo de liberalização da cannabis no país.

Isso porque o nomeado por Trump como procurador-geral dos EUA, Jeff Sessions, é um aberto oponente à legalização da maconha, motivo pelo qual os ativistas temem que os avanços conquistados nos últimos anos possam ser revertidos.

“É um ato político, depois de uma das campanhas eleitorais mais polarizadoras que se lembram”, declarou o diretor do DCMJ, Adam Eidinger.

(Reprodução / Internet)
(Reprodução / Internet)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *