No Piauí, governador autoriza produção de óleo de CBD

Wellington Dias (PT) justificou medida com os altos custos da importação do medicamento.

Em uma decisão de vanguarda, o governo do Piauí decidiu autorizar a produção de óleo de canabidiol (CBD) no estado. Na semana passada, o governador Wellington Dias declarou que a produção visa diminuir os gastos do estado com a importação deste medicamento à pacientes da rede pública de Saúde.

+ Evento no Piauí discute cannabis medicinal
+ Marta Suplicy reverte o jogo da cannabis medicinal

“Adotamos na rede de saúde do Piauí, pacientes que fazem uso do medicamento, de forma gratuita. Antes importávamos o canabidiol da Califórnia e de Israel, o que gerava um custo muito elevado e, a partir da autorização da produção, o Piauí passa a produzir seu próprio produto, com um investimento de cerca de 1 milhão de reais”, declarou à imprensa local.

A produção do óleo será feita pelas universidades Federal e Estadual do Piauí, juntamente com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), Secretaria de Estado da Saúde e o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir). Ainda este ano, o estado contará com uma câmara setorial de biotecnologia para apoiar a produção.

A equipe da Macô comemora esta decisão, e aguarda mais informações sobre como será a distribuição aos pacientes da rede pública. Que esta decisão sirva de exemplo a outros governos estaduais do país. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *