Pesquisa de Harvard diz que maconha te deixa mais esperto

Estudo concluiu que cannabis pode aumentar cognição dos usuários.

Aos poucos, as pesquisas científicas têm quebrado muitos tabus que envolviam maconha e o comportamento dos usuários. Por exemplo, estes estudos já comprovaram que a cannabis é menos nociva que o álcool e cigarro, e que não reduz o QI dos usuários.

+ Melhores alunos são mais atraídos pela cannabis, diz estudo

Agora, o mais recente, conduzido por pesquisadores da renomada Universidade de Harvard, conclui que o uso de cannabis deixa as pessoas mais espertas, pois melhora a cognição dos usuários. O estudo foi realizado com 24 participantes, todos pacientes de diversas patologias (dor crônica, depressão, ansiedade, etc.).

+ Maconha não destrói neurônios, ao contrário, os protege

Após três meses de tratamento com cannabis, os pacientes realizaram dois testes cognitivos diferentes. O primeiro é chamado de Stroop Color Word Test. Este teste avalia a capacidade de pensar, medindo quanto tempo leva para uma pessoa nomear uma cor de uma palavra impressa que não corresponde à própria palavra escrita. Por exemplo, preto.

Os pacientes também realizaram um teste de rastreamento, o que exige que eles liguem pontos numerados. As pontuações de três meses foram então comparadas com a sua linha de base original. Após a terapia herbal, o estudo descobriu que os pacientes foram mais rápidos na conclusão das tarefas. Eles também não fizeram mais erros do que tinham antes.

Além disso, os pacientes auto-relataram melhorias em uma variedade de sintomas, incluindo sintomas relacionados à condição, sono e saúde geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *